"Sou eu que vou" ou "Sou eu quem vai"?



Nas expressões formadas pelo verbo ser (qualquer que seja o tempo verbal) + um pronome pessoal (sujeito) + o pronome relativo que, tanto o verbo ser quanto o verbo da oração subordinada devem concordar com o sujeito.

Alguns exemplos:

Éramos nós que fazíamos o almoço.

Fui eu que comi o chocolate.

Foste tu que me deste o livro de presente.

Portanto, é correto é dizer sou eu que vou.

Quando o pronome relativo empregado é quem, existe outra opção. O verbo ser continua sempre concordando com o sujeito. No entanto, quanto à oração subordinada, há duas opções: concordar com o sujeito ou utilizar a 3ª pessoa do singular.

Exemplos:

Éramos nós quem fazíamos o almoço.

Éramos nós quem fazia o almoço.

Fui eu que comi o chocolate.

Fui eu quem comeu o chocolate.

Foste tu quem me deste o livro de presente.

Foste tu quem me deu o livro de presente.

Ou seja, sou eu quem vai também é uma construção válida.

Referência: BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

Ficou clara a explicação? Tem mais alguma dúvida? Escreva nos comentários abaixo ou envie um e-mail para revisao@academiaderevisao.com.

#gramática #concordânciaverbal

Postagens em destaque
Postagens recentes
Categorias
Tags
Nenhum tag.

E-mail:

revisao@academiaderevisao.com

 

Telefones:

(11) 2537-2735

(11) 2619-7377

(11) 99552-4140

© 2016 Academia de revisão